Categorias









Artigos » Sociedade

Manuel Pinho e o BES



Henrique Raposo escreveu sobre Manuel Pinho, essa figura inqualificável, que mais uma vez decidiu dar largas ao seu super-ego e ser notícia, o seguinte:
 
"Com ou sem corninhos, Manuel Pinho é uma caricatura, um cartoon da falência moral da elitezinha que nos apascentou, um retrato quase cómico, quase inimputável, deste capitalismo queque baseado em deferências aristocráticas entre betinhos insuportáveis. Pinho devia estar debaixo de uma pedra na Mongólia Interior, coberto de pó e vergonha, mas anda por aí a pedir uma indemnização de dois milhões de euros ao BES. É caso para dizer que a criatura, afinal, pode morder o criador. Manuel Pinho era um dos homens que Ricardo Salgado movimentava a seu bel-prazer. Basta ter um pouco de memória."
(in Expresso online 4 de novembro de 2014)
 
Note-se que este sujeitinho, esse tal Manuel Pinho, foi ministro de Sócrates, (afinal, Sócrates, eras tu que escolhias os ministros ou o "dr." Ricardo Salgado?!) e ficou conhecido, (entre outras coisas tão fantásticas como fazer cornichos na Assembleia da República) por ter pago um milhão de euros por meia dúzia de fotografias a um fotógrafo amigo. 
 
A gastar assim o dinheiro dos contribuintes, e tendo gente desta qualidade no Governo, não admira nada que Portugal tenha chegado aonde chegou, isto é, à banca rota.


Print Friendly and PDF












Fonte:    2014-11-03