Categorias









Artigos » Sociedade

A PT esfumou-se



As acções da Portugal Telecom bateram no fundo hoje (20 de outubro de 2014). A empresa vale para aí um décimo do que valia. Ninguém sabe ao certo o que lhe vai acontecer, mas o mais certo é ser retalhada, vendida aos bocados. Paz à sua alma.
 
Se eu fosse crente, e não sou, diria que Deus escreve direito por linhas tortas. A PT tem um historial de exploração dos clientes, com táticas quase terroristas, que muita gente hoje bate palmas ao enterro desse gente. 
 
É certo que não foi por isso que faliram (afinal estamos em portugal e o consumidor português é brando e suave com os poderosos - ainda que em casa mate à facada mulher e filha. Obrigado Salazar, pela herança)
 
Não foi pelo péssimo e caro serviço que proporcionaram que a PT foi ao fundo (foi por causa da Rio Forte e da avaliação da JP Morgan), mas também Alcapone não foi condenado pelos crimes que fez, mas sim por fuga ao fisco e o motivo serviu perfeitamente para o engavetar.
 
Miguel Sousa Tavares escreveu um dia no Expresso qualquer coisa como "os espanhóis (da Telefónica) bem podiam levar a PT, que presta um serviço mau e caro e não faz cá falta nenhuma".
 
Não foi preciso; Bastou o "sr. Ricardo" para a afundar. E como eles estão muito bem uns para os outros, que descansem em paz. Para sempre. 


Print Friendly and PDF












Fonte:    2014-10-20