Categorias









Artigos » Sociedade

O império da mentira



Silva Peneda, discursando no 10 de junho, escolheu o tema da "cooperação e entendimento". E para fundamentar a importância do diálogo nos feitos da humanidade, evocou os descobrimentos portugueses e a chegada do homem à Lua.
 
Injusta comparação, já se vê; uma é verdadeira e a outra uma mentira pegada.
 
Se há alguma certeza nas sociedades atuais, é provavelmente o império da mentira. Não é que ela não tenha existido sempre. Só que agora se faz acompanhar dos requintes e técnicas do marketing, potenciada pela difusão em massa com a ajuda preciosa dos meios de comunicação social.
 
Repare-se neste facto; Os próprios portugueses invocam uma invenção americana (a chegada do homem à lua) e põe-na ao mesmo nível dum feito seu, aliás um feito heróico do povo português.
 
Há de facto aqui algo intrigante e nem levo a mal o facto de os americanos terem, como país, apenas 200 anos e precisarem de factos históricos fenomenais; como não os tem, inventam-os.
 
Agora, já me parece exagerado que os próprios portugueses invoquem essas invenções em paralelo com aquilo que realmente fizeram.
 

- Talvez se interesse por:



Print Friendly and PDF












Fonte:    2013-06-10