Categorias









Artigos » Comportamento

Medo de conduzir



«A fobia [de conduzir] é caraterizada por um medo irracional, ou seja, sem que haja alguma razão aparente para despoletar essa reação», explica ao Destak Filipa Jardim Silva, psicóloga clínica. Tremuras, visão desfocada, ritmo respiratório muito acelerado ou taquicardia são os sintomas que, acrescenta a especialista, se tornam «absolutamente limitativos do ato de conduzir». Um medo que «pode surgir aquando da aprendizagem de condução ou na sequência de um acidente rodoviário».
 
Seja quais forem as razões que o levam a manifestar-se, a ansiedade impede que se enfrente o medo que é, neste caso, a condução.
 
«Evitaras situações que nos amedrontam faz-nos sentir mais sensíveis em relação  esses contextos específicos e condiciona-nos para temê-las ainda mais», refere a especialista. 
 
(fonte: Destak)
 


Print Friendly and PDF












Fonte:    2013-03-26