Categorias









Artigos » Saúde

Fumadores passivos correm sérios riscos de desenvolver demência severa



- Este é o primeiro estudo a demonstrar uma significativa ligação entre a demência e a exposição ao fumo do tabaco.

- Especialistas exigem campanhas adicionais contra a exposição ao fumo do tabaco.
 
Respirar a fumaça do cigarro de outra pessoa aumenta o risco de demência grave, de acordo com pesquisadores.
 
O estudo é o primeiro a encontrar uma ligação significativa entre o fumo passivo ea doença neurológica.
 
O tabagismo passivo, também conhecido como fumaça "de segunda mão", é conhecido por causar graves doenças respiratórias e cardiovasculares, incluindo doenças coronárias e câncer de pulmão.
 
No entanto, até agora, era incerto se aumentava o risco de demência, principalmente devido à falta de pesquisa.
 
O mais recente estudo, que foi conduzido por cientistas da Universidade de Medicina de Anhui, na China e King College de Londres, estudou cerca de 6.000 pessoas com idade acima de 60 anos a partir de cinco províncias da China.
 
A equipa avaliou os participantes para síndromes demenciais, entre 2001 e 2003 e novamente em 2007 e 2008, bem como a sua exposição ao fumo passivo.
 
Eles descobriram que 10 por cento do grupo teve síndromes demenciais graves significativamente relacionados com o nível de exposição e tempo de tabagismo passivo.
 
- ler mais (texto em inglês)
 
(fonte: Daily Mail)
 
 


Print Friendly and PDF












Fonte:    2013-01-11