Categorias









Artigos » Crianças

Como lidar com criança de 3 anos que conta mentiras?



Em primeiro lugar convém relembrar aos pais que mentir, mentimos todos e a toda a gente. Dizendo toda a verdade, o mundo tornar-se-ia imediatamente um sitio impossível de viver. Não me estou a referir ao mentiroso compulsivo que mente apenas para lucrar com isso; estou-me a referir à mentira que todos usamos no dia-a-dia e que uma vez é piedosa, outras vezes faz-nos poupar tempo e é muitas vezes necessária até para que as relações entre as pessoas corram de forma o mais simpática possível.
 
Uma criança com três anos vive um mundo que é sobretudo o da imaginação. É essa poderosa imaginação que lhes permite brincar com a seriedade que os adultos trabalham. É perfeitamente natural que uma criança invente coisas com os mais diversos propósitos e até para se desculpar.
 
A criança não tem o discernimento para entender a importância que as suas mentiras tem para os adultos. Para ela, é tudo a brincar.
 
Deixe o seu filho de 3 anos crescer e terá tempo para estabelecer limites e lhe dar a entender que há assuntos em que não deve mentir e outros em que a mentira é necessária. 
Já reparou que você não quer o seu filho a dizer a verdade sobre a sua amiga gorda, nem por trás nem pela frente dela? Por outras palavras, em algumas circunstâncias, até tem de ensinar o seu filho a mentir.
 
O importante é que o faça com calma e sempre justificando porque deve agir assim. Tenha respeito pelas crianças e nunca se esqueça de que elas não são pequenos adultos.
Não queira pretender para os seus filhos, aquilo que como adulto não consegue fazer. Nós não vivemos num mudo ideal, vivemos no mundo possível.
Tente não levar as coisas tão a sério e não dar importância a cada pormenor que não lhe corre de feição. Vai ser mais feliz assim.
 
C.T.
 


Print Friendly and PDF












Fonte:    2012-06-16