Categorias









Artigos » Crianças

Como ser um bom pai



Educar decentemente um filho e ainda fazer com que ele seja feliz são duas vertentes que por vezes podem ser difíceis de conjugar, mas existem algumas técnicas que ajudam a manter o equilíbrio:

1 – Ser pai é um dos maiores actos de altruísmo, pois a partir do momento em que o seu filho nasce, você passa para segundo lugar na sua vida. Quando você é responsável por outro ser vivo é assim que tem que ser (mas sem nunca se esquecer de você!). 
 
2 – Ensine-o desde cedo alguns princípios morais dando-lhe exemplos básicos e explicando porque é que não o deve fazer. O dizer que “não” sem justificação normalmente não resulta. 
 
3 – Tenha pulso forte nas alturas mais complicadas mas aprenda também a ouvir, a ser compreensivo e tolerante. Nunca se esqueça que você já teve a idade que ele agora tem e dê-lhe sempre a oportunidade de se explicar. 
 
4 – Mantenha a boa comunicação na família. Habituem-se desde cedo a conversar acerca dos problemas de cada um e acima de tudo a ouvir. Se ele sentir que pode falar dos seus problemas em casa, metade dos seus problemas serão resolvidos. 
 
5 – Acompanhe a evolução dos tempos e evite aplicar nos seus filhos as regras que os seus pais aplicaram na sua educação há 20 ou mais anos atrás. Existem no entanto valores que nunca passam de moda: as boas maneiras, por exemplo. 
 
6 – Acompanhe de perto o crescimento deles e os diversos passos que vão dando ao longo da vida. Sentir que os pais estão atentos e por perto dá-lhes não só uma sensação de segurança como de confiança. 
 


Print Friendly and PDF












Fonte:    2011-11-05