Categorias









Artigos » Crianças

A inflação explicada às crianças



Num país africano, os americanos descobriram num vale de difícil acesso, uma tribo que nunca tinha tido contacto com outros povos.

Não utilizavam moeda nos seus negócios; funcionava a troca direta. Trocavam porcos por galinhas, etc. Num gesto de boa vontade, os americanos ofereceram-lhes conchas e seixos, objectos desconhecidos daquela gente.
 
Era a moeda ideal. Rara e impossível de falsificar, rapidamente foi adaptada como moeda corrente. Um porco valia 2 seixos.
 
Sempre que visitavam a tribo, os americanos levavam mais seixos e conchas, que ofereciam aos nativos. Sendo que a produção de galinhas, porcos e outros objectos era a mesma, e com mais moeda em circulação, rapidamente o valor do porco passou de 2 para 50 seixos.
 
A isto se chama inflação. É uma subida dos preços de forma generalizada e persistente, numa dada economia. A inflação é muito perigosa, porque entre outras coisas distorce o funcionamento do mercado. 
 
Repare-se que neste caso, o sujeito que trocou o seu porco por 2 seixos e viu o preço do mesmo animal aumentar nos dias seguintes para 50, ficou na miséria sem culpa nenhuma, já que agora com apenas 2 seixos não podia adquirir nada.
 
O mesmo se passa na vida real. Uma das causas da inflação é impressão de moeda (notas), que além de distorcer o funcionamento normal do mercado, funciona como um imposto escondido, pois desvaloriza o poder de compra de quem tem moeda, transferindo-o para o emissor de moeda, normalmente o Estado (nornalmente, pois que por exemplo no caso da União Europeia, não é aos Estados que cabe essa função, mas ao BCE).
 
(reprodução autorizada sob condição de inserir um link para este artigo) 


Print Friendly and PDF












Fonte: portaisws.com   2011-09-25