Categorias









Artigos » Psicologia

Porque é que nos apaixonamos por uma pessoa e não por outra?



A paixão descodificada
Porque é que nos apaixonamos por uma pessoa e não por outra?
Será tudo uma questão de circunstância ou haverá motivos específicos capazes de desencadear o sentimento que nos faz sentir aquele friozinho no estômago?

Às vezes parece que basta um olhar para fazer soltar as faíscas da paixão. "Alguma coisa nos despertou o coração. Talvez um olhar, um sorriso, ou até uma imagem por nós idealizada", afirma Marta Fonseca, 40 anos, professora.

Mas tudo indica que por detrás do processo da paixão estará algo mais que os sentidos. "Obviamente que temos um fundo animal, somos sem dúvida animais, mas com toda a evolução do ser humano penso que as paixões, actualmente, se podem explicar melhor ao nível das emoções do que das químicas", observa Sónia Parreira Duque, psicóloga com experiência no acompanhamento de casais. Até porque os nossos parceiros não são tão escolhidos ao acaso como à partida poderemos pensar.

- ler artigo completo em Activa - (abre numa nova janela ou separador)


Print Friendly and PDF












Fonte: Activa   2009-10-03