Artigos » Saúde
Tamanho da letra

Dores de cabeça - o que deve saber

 
As dores de cabeça são um sintoma e não uma doença. Há muitos factores que contribuem para o seu aparecimento; stress, desidratação, hipoglicémia (açúcar no sangue abaixo dos níveis normais, por exemplo por ter saltado uma refeição), infecções, pressão arterial elevada, demasiado esforço com os olhos, aneurisma cerebral, tumor cerebral, sinusite, síndrome pré-menstrual entre outros.

A maior parte das dores de cabeça são temporárias ou desaparecem uma vez removida a causa. No entanto note que se persistirem, é necessário recorrer ao médico.

Há basicamente 5 tipos de dores de cabeça:

Vasculares: podem aparecer em qualquer um dos lados da cabeça e podem estar associadas a distúrbios na visão, náuseas e vómitos. Por vezes as dores podem ser tão fortes ao ponto de incapacitar as pessoas de trabalharem ou fazerem a sua vida normalmente.

Musculares: por esforço dos músculos do pescoço e da cabeça. Podem começar nas têmporas e irradiar para o pescoço e até atingir os ombros.

De origem inflamatória: tem origem numa infecção no cérebro ou nos tecidos que o envolvem. É obviamente um sintoma de algo mais grave.

Cervicogénicas: Ocorrem em consequência duma desordem nos ossos do pescoço.

Por tracção: causadas por pressão intra-craniana

Diagnóstico
Uma dor de cabeça que não tem mais nenhum sintoma associado é normalmente inofensiva e não necessita de mais cuidados. Se for acompanhada de outros sintomas como febre, alterações da visão, convulsões, perda de consciência, dor nos ouvidos, dores intensas, vómitos, etc. precisam de atenção médica imediata. Baseado na história clínica e sinais físicos, o médico determinará se outros exames mais elaborados são necessários.

Tratamento
As dores de cabeça respondem bem a analgésicos. Pessoas com dores de cabeça crónicas ou recorrentes e em que não foi identificada nenhuma causa orgânica devem manter um registo diário das horas e condições em que as dores se manifestam. Isto ajudará a construir uma padrão específico, caso exista, e a ajudar em futuros tratamentos.

Prevenção
Algumas simples medidas, gradualmente incorporadas na rotina diária, poderão ajudar a prevenir ou pelo menos reduzir a frequência com que ocorrem. Assim, procure:

- Manter rotinas para as refeições
- Manter rotinas para a hora de se deitar e para o número de horas de sono.
- Ter uma dieta saudável com ênfase em vitaminas, proteínas e minerais.
- Beber líquidos suficientes (evitar a desidratação).
- Reduzir a cafeína e o álcool.

- Evite:
- Ler com luz desadequada e postura incorrecta.
- irritar-se.
- O stress.

(tags: como tratar enxaqueca, cefaleia, cefalalgia)

- O perigo das pancadas na cabeça

- Calor pode aumentar o risco de sofrer com dores de cabeça


Print Friendly and PDF









Artigos relacionados:

» Adoçantes podem provocar diabetes, revela estudo


» O que é a tireóide (tiroide)?


» Quanto deve pesar uma mulher com 1,76 metros?


» O que são vitaminas?


» Quanto deve pesar uma mulher com 1,77 metros?


» O chocolate engorda?
Fonte: indianwomenshealth.com   2009-03-11
 
portais.ws
Categorias